O que é Manipulação de Medicamentos?

Manipulação de Fórmulas Médicas

Seguindo a sequência de posts sobre Dúvidas Frequentes. Identificamos várias dúvidas dos consumidores, a respeito do que realmente vem a ser “manipulação de medicamentos”.

Algumas pessoas pensam que os produtos manipulados, como não são comprados em drogaria, são produtos naturais, livres de efeitos colaterais e de contra-indicações. Isto não é verdade. Desse modo, esperamos que este artigo traga os esclarecimentos necessários.

Medicamento manipulado é todo aquele feito de maneira personalizada, de acordo com a prescrição de um profissional de saúde, normalmente o médico, nas doses e quantidades apropriadas para cada paciente em especial.

Esse medicamento pode ser um produto homeopático, fitoterápico ou alopático. Todos eles poderão ser manipulados de acordo com a prescrição médica e exatamente da maneira como o médico pediu. Caso necessite de algum esclarecimento, o farmacêutico entrará em contacto com o médico, para sanar suas dúvidas e fazer com que toda prescrição esteja de acordo com a necessidade do paciente.

Assim, fica fácil compreender porque a farmácia não pode receber a devolução de um medicamento e nem sequer cancelar um pedido já efetuado pelo paciente. Simplesmente, ela não terá como reaproveitá-lo. Da mesma forma, um paciente não deve querer tomar o medicamento prescrito para outra pessoa. O médico leva em conta as particularidades de cada indivíduo para prescrever o medicamento.

Os medicamentos manipulados apresentam diversas vantagens em relação aos industrializados. Eles podem ser feitos e tomados em grupos de substâncias (é o que chamamos de fórmula) ao invés de serem tomados separadamente, como acontece com os produtos comprados na drogaria.

Além disso, podem ser feitos na quantidade exata, evitando desperdícios, o que resulta em um custo bem menor. Podemos preparar um mesmo medicamento em diversas formas farmacêuticas distintas, como xaropes, suspensões, supositórios. No caso de produtos para uso externo, a mesma fórmula pode ser fornecida em pomada, pasta, gel, serum, solução ou creme.

Existem vários tamanhos de cápsulas ou sachês onde as fórmulas sólidas podem ser acondicionadas, para melhor atender ao paciente. Há cápsulas tão pequenas que mesmo crianças podem ingerir com facilidade.

Quanto à qualidade, existem órgãos competentes que regulamentam o setor e exigem que as farmácias sigam rigorosamente as Boas Normas de Manipulação de Medicamentos em Farmácia segundo leis da Vigilância Sanitária. Além disso, a farmácia, atualmente, conta com a assistência integral do farmacêutico.

Ao adquirir um medicamento manipulado, observe se constam no rótulo a identificação da farmácia e do farmacêutico responsável, o nome do paciente e do médico, a fórmula, a quantidade contida no frasco, a posologia, data de fabricação e prazo de validade.

Se houver alguma dúvida, procure um farmacêutico de sua confiança. Ele é a pessoa mais indicada para esclarecê-la. Se preferir envie uma mensagem para nosso Whatsapp, será um prazer atendê-lo.