O que é o Própolis?

Própolis é uma substância natural conhecida desde os primórdios. De origem grega, seu nome significa pró(defesa) polis(cidade). De fato, seu nome sugere exatamente a sua atuação. As abelhas utilizam este produto para vedar os alvéolos das colmeias e esterilizar o seu interior, a fim de bloquear qualquer proliferação de bactérias que possam prejudicar a abelha rainha e suas larvas ou ainda em processos de mumificação de objetos que estejam em seu interior muito grandes para serem removidos. Desta observação da natureza, sugeriu-se o uso da própolis como antibiótico natural.

Por se tratar de uma resina balsâmica e elástica, sua cor pode variar de acordo com a origem, assim como seu odor e sabor. A própolis verde é a de superior qualidade e abundante no Brasil. Daí o interesse estrangeiro, principalmente dos países orientais em nossa produção.

Normalmente utiliza-se o extrato ou a tintura de própolis para uso interno. Cremes, pomadas ou géis para uso externo, que tratam uma gama de problemas muito comuns. Sua maior utilização concentra-se nas afecções das vias respiratórias, como amigdalites, faringites, gripes, resfriados, sinusites e rinites. É utilizado contra infecções e inflamações de qualquer natureza, e age sobre o sistema imunológico, aumentando a resistência orgânica.

Externamente pode-se tratar acnes, espinhas, oleosidade da pele em adolescentes, jovens e adultos. Veiculado em shampoos, é utilizado em pequenas irritações ou oleosidade excessiva do couro cabeludo.

O própolis é um excelente cicatrizante em casos de cortes ou feridas. Úlceras varicosas, erisipela, e outra inflamações da pele também podem ser tratadas.

Pode ser associado a inúmeras substâncias e utilizado em concomitante nas várias terapêuticas, tanto homeopática quanto alopática.